Recursos essenciais para uma solução de PAM

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp

As credenciais privilegiadas são os alvos preferidos dos invasores cibernéticos.

Segundo a Forrester, pelo menos 80% de todas as violações de dados são resultado de credenciais privilegiadas comprometidas.

Contas privilegiadas não monitoradas e não gerenciadas possibilitam aos cibercriminosos acessos irrestritos à infraestrutura de TI das Organizações, invadindo através de um único terminal.

O Privileged Access Management (PAM) é um elemento essencial na estratégia de Governança de Identidade das empresas. Ele permite proteger senhas e terminais, mantendo contas privilegiadas seguras.

Apesar de tão necessário, pesquisas indicam que caso houvesse uma auditoria de controles de acesso, 70% das empresas averiguadas falhariam.  Isso significa que, mesmo que as Companhias compreendam a importância e o valor do PAM, elas não têm o software, controles e o suporte especializado necessários para colocar em prática.

Conheça 8 recursos essenciais que uma solução de PAM deve ter para assegurar a segurança das informações

O que você vai ver neste post

1- Monitoramento e gravação das sessões privilegiadas

Uma solução de PAM deve possibilitar o monitoramento das sessões em tempo real, o registro das atividades do usuário nos sistemas corporativos e, inclusive, a permissão para finalizar uma sessão, caso seja detectado um comportamento inapropriado. 

Através deste recurso é possível conferir se os usuários estão realizando ações pertinentes às suas tarefas, garantindo a confidencialidade dos dados sigilosos da Companhia.

Além disso, permite obter um histórico de auditoria desde quando o usuário loga, quais credenciais utilizou, o que fez no sistema, até quando efetua o logoff.

Algumas soluções permitem, inclusive, o armazenamento dos arquivos de gravações de sessão e logs de auditoria para prevenir que usuários editem seus históricos de atividade e prejudiquem todo o seu sistema de monitoramento.

2- Avaliação das credenciais privilegiadas

Com esse recurso é possível listar as credenciais privilegiadas ativas e verificar qual é o nível de privilégio de cada uma delas, analisando se faz sentido que usuários tenham os acessos, que sejam removidas as credenciais que não são mais utilizadas etc.

A prática é importante para identificar possíveis brechas de segurança, que podem gerar ciberataques futuros.

3- Recurso de gerador de senhas fortes nativo

A solução de PAM deve apontar para os usuários quais as senhas cadastradas que são fracas, sugerindo que sejam trocadas.

É desejável também que a plataforma de Gerenciamento de Acesso Privilegiado tenha nativo um gerador de senhas fortes, que misture letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos, com comprimento mínimo de 10 caracteres.

Conduzindo o usuário a usufruir do recurso fará com que ele adote senhas fortes, difíceis de serem quebradas por cibercriminosos.

Outro recurso interessante é avisar ao usuário quais senhas deverão ser trocadas, para que exista uma reciclagem de credenciais.

4- Gestão de credenciais e chaves

Além de validar os acessos das credenciais privilegiadas, é também interessante proporcionar aos usuários o recurso de troca automática de senhas, facilitando a gestão de credenciais e chaves.

A prática previne que os usuários façam acesso indevidos, que usuários sem permissão de acesso ao recurso detenha a senha, em caso de compartilhamento, e minimiza os riscos de vazamento de dados.

5- Recurso de autenticação multifator

Este recurso reforça a proteção do acesso aos dados, fornecendo uma segurança extra ao exigir uma segunda forma de verificação da identidade, através de métodos de validação variados, como: um SMS ou um e-mail com um código de confirmação para poder utilizar a credencial privilegiada.

6- Recurso de backup

É importantíssimo que a solução PAM tenha o recurso de backup automático. É uma prática essencial para garantir que, caso a empresa tenhas os dados vazados ou excluídos, consiga recuperar o acesso aos dados protegidos pela solução de PAM.

7- Emissão de alarmes para avisar ações suspeitas

Alarmes avisando ações suspeitas na sessão privilegiada são fundamentais, tanto para acionar bloqueios de segurança, quanto para notificar os responsáveis pela segurança da TI em tempo para tomar as medidas cabíveis.

8- Emissão de relatório de acessos

Fornecer relatório de acessos é crucial para que o administrador de TI tenha a visão das ações realizadas nas sessões privilegiadas e consiga identificar falhas de segurança e pontos de melhorias.

Proteger o usuário e seu acesso é o primeiro passo para evitar ameaças avançadas.

VaultOne fornece segurança de última geração em gerenciamento de acesso privilegiado, protegendo as credenciais em um Cofre de senhas criptografado, evitando espionagem por códigos maliciosos, mantendo a privacidade das suas informações e seus dispositivos em segurança. 

Fale hoje mesmo com nossos especialistas e descubra como VaultOne pode ajudar seu negócio.

ACOMPANHE
nossas redes

RECEBA NOTÍCIAS
no seu e-mail