logo

Select Sidearea

Populate the sidearea with useful widgets. It’s simple to add images, categories, latest post, social media icon links, tag clouds, and more.
[email protected]
+1234567890

Suas senhas não estão seguras

Você tem segredos. Todos nós temos. No passado, eram protegidos por uma senha de sete dígitos. Hoje, se desbloqueados podem ser usados contra você. O número do seu cartão de crédito. Seu e-mail. Sua conta bancária.

Você imagina que seus segredos estão seguros online, entretanto, podem ser alvos de ataques em grande escala por pessoas que variam de uma rede profissional a um adolescente entediado de 15 anos.

Em seu dia-a-dia, você pode falar ao telefone, guardar bem a carteira e trancar o carro após estacionado. Você não costuma deixar objetos de valor em uma mesa de café; porém, sua vida digital está exposta 24/7. Mesmo quando você está dormindo. E, diferentemente da sua capacidade de perceber uma pessoa suspeita na rua, em sua vida digital você não tem consciência de quem está escondido na esquina para prejudicá-lo.


Então você cria senhas fortes para se proteger. No passado, senhas online eram muito eficientes porque tinham menos para proteger. Uma senha complexa com vários caracteres, símbolos e números protegeria perfeitamente o seu perfil e conta de e-mail. Hoje os riscos são maiores. Vidas inteiras estão online, tanto pessoais quanto comerciais, e você tem pouco controle sobre isso.


Eis o segredo das senhas: se forem boas o suficiente para te proteger você não se lembrará delas. Aí você as anota, coloca em uma pasta, guarda em seus e-mails ou em uma planilha. E em um belo dia, clica em algo enquanto navega e, sem perceber, seu computador é afetado por um malware que registra senhas ou um vírus que rouba informações e entre elas, seus segredos.


De uma forma ou de outra, a Internet guarda muitos dos seus segredos; alguns dos quais você nem tentou proteger. Coisas que consideramos privadas são acessíveis a qualquer pessoa que procure. Seu nome, e-mail e endereço residencial são de conhecimento geral. Sua data de nascimento está no Facebook. Um hacker pode encontrar o nome de solteira da sua mãe no ancestery.com.


Neste mundo digital, tecnologia está superando rapidamente a capacidade de uma senha para nos proteger. Os endereços de e-mail são usados universalmente como nomes de usuário, criando um enorme ponto vulnerável para ser explorado. Uma vez que um hacker tenha acesso à sua conta de e-mail, com o link da senha esquecida, em cinco minutos contas do Amazon, Netflix, Ebay e Paypal estarão em suas mãos. Um hacker precisa apenas de uma conta para obter acesso a todas elas, destruindo sua vida digital em alguns minutos. Eles podem limpar tudo de todos os seus dispositivos – dados, fotos, informações importantes, anos de e-mails – no tempo que você leva para tomar uma xícara de chá.


E as senhas corporativas?

E o seu negócio? Graças à nuvem, sua vida e empresa se movem sem fronteiras.

O armazenamento de dados corporativos na nuvem tem muitas vantagens, mas ainda alguns riscos de segurança.

Você pode realizar operações bancárias na nuvem, armazenar dados vitais na nuvem, acompanhar finanças na nuvem e fazer impostos na nuvem. Tudo está interligado com vários pontos de vulnerabilidade, alguns dos quais ainda nem sabemos, que podem ser hackeados.


Nos negócios, não é apenas você quem controla seus segredos.

Dezenas de pessoas subestimam a ousadia dos atacantes em roubar dados comerciais. É como o comprador de carros que sai da concessionária, sem se atentar para o que está o esperando ao virar da esquina.


Aqui está outro segredo sobre senhas: se as senhas de seus funcionários forem boas e robustas, elas não serão lembradas.

Porque eles são tão humanos quanto você! Seus funcionários são instruídos a gerar senhas fortes. Uma palavra de seis letras, se forem descuidados; alguns números intercalados com caracteres, se forem cautelosos. Talvez você aloque senhas na tentativa de manter seus negócios seguros. Uma variação mais complexa de 1632 caracteres, símbolos e números combinados.

É provável que outros usuários e até mesmo hackers não consigam acessar essas contas.

Eles escreverão as senhas em um pedaço de papel e as armazenarão na mesa ou salvarão no computador em uma planilha ou bloco de notas; poderão reutilizar suas senhas na tentativa de lembrar. E tudo isso tornará seus negócios menos seguros.


Os hackers não atacam apenas os “caras grandes”.

Em 2013, informações pessoais de um bilhão de contas de usuários do Yahoo foram roubadas. Foi a maior violação de dados da história e só foi descoberta em 2016. No início do ano passado, um fabricante austríaco de peças aeronáuticas foi vítima de atacantes, que roubaram 50 milhões de euros durante o ataque. Grandes empresas como Apple, Twitter, SnapChat, Sony, LinkedIn, eBay e Dropbox sofreram violações de segurança recentes.

Você pode pensar que sua empresa não é grande o suficiente ou pública o suficiente para ser um alvo, mas os hackers geralmente visam pequenas empresas, porque elas têm mais dinheiro do que indivíduos e menos segurança do que as grandes corporações. Considere a quantidade de tempo e dinheiro que as empresas acima teriam investido para melhorar sua segurança online após essas violações. 


Sua empresa pode arcar com uma violação de segurança?

Nenhuma cautela ou variação complexa de números e letras é suficiente para impedir um hacker de quebrar essa senha e acessar os valiosos dados da sua empresa.  Mas é aí que a equipe do Vault One pode te ajudar.

A Vault One é uma solução privilegiada de gerenciamento de contas, que resolve problemas de segurança centralizando as senhas em um “cofre”, permitindo que os usuários acessem recursos (servidores, computadores, contas sociais) sem a necessidade de uma senha.

Em vez de confiar todos recursos com uma senha, um administrador pode criar uma conexão segura entre o usuário e o recurso por meio do Vault One, colocando o poder da propriedade intelectual de volta nas mãos da empresa, onde deveria estar.

Conheça o que a Vault One pode fazer por sua empresa. Fale hoje mesmo com nossos especialistas.